“NOVA” E “DEFINITIVA” PORQUE É DO PAI!

0

Muito em breve estaremos começando a construção de uma das mais belas e emblemáticas igrejas que Goiás e o Brasil já puderam contemplar. Isso mesmo! Nos próximos meses daremos início à edificação da Nova e Definitiva Casa do Divino Pai Eterno, em Trindade, Goiás.

A vivência da fé cristã também é marcada pela construção de Igrejas, Mosteiros e Catedrais. Independente da magnitude ou da simplicidade dos templos, o mais importante é a fé que se experiencia neles. Desde as grandes Basílicas até as Capelas mais simples, um só é o Pai que ali age e realiza as maravilhas do Seu amor.

Desde os primeiros cristãos, sempre houve a necessidade de construir Igrejas, vistas como casas de oração, alicerçadas na Palavra e na Eucaristia. Quando perseguidos, logo após a morte de Jesus, os cristãos se reuniam às escondidas nas catacumbas. Administravam os sacramentos em segredo, nas chamadas Igrejas subterrâneas. Ali eles enterravam os seus mortos e também celebravam o memorial da paixão do Senhor.

Muitos deles eram analfabetos e, por isso, impossibilitados de ler as Sagradas Escrituras. Mesmo assim, foram capazes de compreender o fundamento da fé a ponto de entregar a própria vida. Foi o período dos mártires: época em que assumir-se cristão trazia o risco da perseguição do Império Romano e a possibilidade de ser banhado pelo sangue até a morte. Não deixaram de construir seus templos, nem que fosse embaixo da terra, nas catacumbas. O importante era ter um local reservado para reunir a comunidade dos seguidores de Jesus. Eles não conseguiam viver sem a Eucaristia!

Com o passar do tempo, o número dos cristãos cresceu significativamente e a liberdade da fé foi conquistada. O progresso na participação também exigiu que Igrejas fossem construídas e, com o passar do tempo, ampliadas. Aquelas que não possuíam condições para serem expandidas continuaram a existir e novas Igrejas foram edificadas, com a capacidade maior que a anterior.

Hoje, o mesmo fenômeno se repete em Trindade. Nesta semana foi aprovado na Câmara Municipal de Trindade, com unanimidade dos vereadores, o projeto de lei, que transforma em área urbana o terreno do Novo Santuário. Assim, o uso do solo e o alvará de construção também puderam ser liberados pelo Prefeito Municipal, Ricardo Fortunato. Ao Legislativo e ao Executivo o meu agradecimento!

Foi uma verdadeira conquista, que muito contribuirá para o início das obras, a partir de maio, quando cessa o período chuvoso. A primeira etapa será topográfica, avaliando e preparando o solo para que o mesmo não cause estragos à obra e muito menos a obra a ele.

A edificação da Nova e Definitiva Casa do Pai é o resultado natural do aumento no número de devotos do Divino Pai Eterno. Pelos devotos e não por outro motivo assumi a difícil, mas bonita tarefa de gerir esta construção. Não só eu, mas todos aqueles que evangelizam comigo, serão os responsáveis para que a Casa do Pai seja edificada dentro do prazo avaliado em dez anos. A redução do tempo dependerá exclusivamente da ajuda e da participação de cada um. “Ele me edificará um Templo; será para mim um filho e eu serei para ele um Pai” (I Cr 22,10).

A construção de um novo templo é algo muito trabalhoso e bastante arriscado. Só isso já seria um motivo suficiente para não mexermos com esta construção. Porém, não podemos ficar quietos quando a fé nos convida a agir em vista de um pedido dos próprios fiéis.

Não se trata de um trabalho pessoal ou de uma vontade própria, mas de uma necessidade pastoral, para que os peregrinos sejam acolhidos com a dignidade e o respeito que merecem.  Hoje, o Santuário atual não tem condições de atender a demanda de pessoas que recebe, diariamente, do Brasil e do exterior. Louvemos ao Pai, pois este é o sinal de que estamos evangelizando no caminho certo!

A fé nos move a assumir tão grande missão! Escrevo no plural, pois tomamos parte de uma construção a ser mantida pela família de evangelização dos filhos do Pai Eterno. Que a fé na missão que o Pai nos confia faça da nossa vida uma verdade para o bem dos irmãos, uma biografia de esperança e do seguimento, uma opção radical por Deus! Obrigado a todos que, juntos, estão transformando este sonho em realidade!

Pe. Robson de Oliveira, C.Ss.R.

Missionário Redentorista, Reitor da Basílica de Trindade e Mestre em Teologia Moral pela Universidade do Vaticano.

Twitter: @padrerobson

www.paieterno.com.br

Missas

De segunda a sexta

Missas: 7h e 19h30

Sábado

Missas: 7h, 10h e 17h30

Domingo

Missas: 5h45, 8h, 10h, 12h, 15h e 17h30

Rede Vida

Segunda, terça, quinta e sexta: 7h Quarta: 9h

Sábado: 7h e 17h30

Domingo: 17h30

TV Anhanguera

Domingo: 5h30

PUC TV

Sábado e domingo: 17h30

TBC

Domingo: 8h

Rede Pai Eterno

Missas Segunda, quarta, quinta e sexta: 7h
Sábado: 7h e 17h30
Domingo: 5h45, 8h e 17h30

Novena dos Filhos do Pai Eterno Todos os dias: 4h, 12h e 22h Novena do Perpétuo Socorro Todos os dias: 2h

Rádio Difusora Goiânia

Missas Domingo: 8h Novena dos Filhos do Pai Eterno Todos os dias: 13h