Dia: 19 de Fevereiro de 2015

Retribua o amor do Pai

Comentários: 0

O amor transforma corações e dá sentido à existência humana. Quando compreendemos o outro e o sentido de nossas vidas, nos tornamos mais sensíveis e nos humanizamos. Passamos a ir ao encontro de Deus, no serviço ao mais próximo, livre de interesses e obrigações, tendo como motivação principal o amor. Quando nos colocamos no lugar do nosso irmão, entendendo suas necessidades, encontramos o melhor caminho para nos tornarmos mais humanos e verdadeiramente filhos e filhas do Divino Pai Eterno.

No Senhor, contemplamos o fundamento do nosso ser. Ele nos ama, nos salva e nos cria no amor. Na sua essência divina, nos envolve por Sua bondade e misericórdia. Eis um Deus que não impõe condições para amar. E é esse amor misericordioso e incondicional, sem limites ou restrições, que nos prova que fomos criados para também amar o próximo. E, assim, em Deus, confirmamos a nossa identidade de irmãos e filhos, gerados no amor.

“Meu alimento é fazer a vontade Daquele que me enviou e realizar a Sua obra” (Jo 4,34). Essa é expressão de tudo que devemos buscar, na alegria de servir ao Pai e fazer Sua vontade, retribuindo e sendo instrumentos do Seu amor. Foi Ele quem nos amou primeiro e nos enviou seu Filho Jesus, para nos dar sua Palavra e nos ensinar o caminho da salvação.

Por causa de tanto amor é que devemos buscar amar nossos semelhantes e fazer o bem a todos da melhor maneira que pudermos: Caríssimos, se Deus assim nos amou, também nós nos devemos amar uns aos outros” (I Jo 4,11). Retribuir o amor do Pai é demonstrar gratidão por tudo que Ele tem feito por nós. A fé e as nossas boas ações nos dignificam como filhos do Pai e irmãos em Cristo.

Então, estamos sendo leais à Sua missão? Se quisermos ser fiéis ao Evangelho, devemos existir para as pessoas, conhecidas ou não, da mesma forma que Jesus existiu e por elas deu a vida. Alguns podem se perguntar: o que a gente ganha com isso? Contribuímos com amor, paz, tranquilidade e esperança, aprendendo também com esses valores ao retribuir aquilo que o Senhor fez por nós. Desta vida, só vamos levar o bem que tivermos realizado, o amor que demonstrarmos pelos outros e o Evangelho que nos esforçarmos por pregar e viver.

Assim, em uma das maneiras de fazer o bem, reforçamos nossa comunhão de amor, que abraça cada vez mais irmãos, por meio da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). Através dessa família, devotos têm ajudado a colocar em prática os ensinamentos de Jesus e a levar a Palavra do Pai, com ações concretas a muitos corações. Para nós, fé e união são verdadeiros motivadores para continuarmos no propósito desta caminhada de doação e entrega a Deus.

Evangelizamos na oração, mas também através de gestos reais do dia a dia, permitindo a existência dos ensinamentos do Redentor em nossas atitudes. Corresponder às bênçãos que recebemos diariamente é fazer, mesmo que na pequena boa ação, seja ela qual for, o Evangelho acontecer em nosso meio, no mundo de hoje. Somos evangelizados pelo amor e devemos nos tornar evangelizadores e construtores das Obras Divinas.

Pe. Robson de Oliveira
Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás
Presidente Fundador da Afipe

Missas

De segunda a sexta

Missas: 7h e 19h30

Sábado

Missas: 7h, 10h e 17h30

Domingo

Missas: 5h45, 8h, 10h, 12h, 15h e 17h30

Rede Vida

Segunda, terça, quinta e sexta: 7h Quarta: 9h

Sábado: 7h e 17h30

Domingo: 17h30

TV Anhanguera

Domingo: 5h30

PUC TV

Sábado e domingo: 17h30

TBC

Domingo: 8h

Rede Pai Eterno

Missas Segunda, quarta, quinta e sexta: 7h
Sábado: 7h e 17h30
Domingo: 5h45, 8h e 17h30

Novena dos Filhos do Pai Eterno Todos os dias: 4h, 12h e 22h Novena do Perpétuo Socorro Todos os dias: 2h

Rádio Difusora Goiânia

Missas Domingo: 8h Novena dos Filhos do Pai Eterno Todos os dias: 13h