Perdoar sempre

0

O Ano Santo da Misericórdia é uma feliz oportunidade para cada um de nós fazer a experiência de pedir e dar o perdão. O perdão é necessário porque todos pecamos e sofremos as consequências dos nossos pecados: afastamento de Deus, desarmonia interior e separação dos irmãos e irmãs. O pecado é a negação do amor, deixar de fazer o bem quando, no exercício da liberdade, escolhemos o mal. A experiência do pecado causa tristeza e dor na alma, prejudica os outros e o seu preço é a morte.

O remédio para curar a ferida que o pecado deixa em nós é o perdão. Cada um de nós precisa ser humilde para reconhecer que errou, que pecou, e manifestar arrependimento pedindo perdão a Deus e às pessoas que prejudicamos com o nosso pecado. É preciso, também, ser generoso para dar o perdão. Aceitar generosamente e com abertura de coração o pedido de perdão que os outros nos faz.  Perdoar é divino e é humano porque é um gesto, uma atitude de amor. Quem ama perdoa sempre. O Pai Eterno sempre perdoa porque Ele é amor e Seu amor é eterno. É comum encontrar pessoas que têm grande dificuldade para perdoar, dizerem que só Deus é que perdoa. Enganam-se! O perdão é também humano porque cada um de nós foi criado à imagem e semelhança de Deus no amor. O amor que tudo desculpa e que perdoa sempre, é que nos humaniza e revela que somos de Deus. Portanto, para um filho ou uma filha do Pai Eterno não há a possibilidade de não amar e de não perdoar quem quer que seja. Jesus ensinou a rezar para pedir e dar o perdão: “Perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos aos nossos irmãos” (Lc 11,4; Mt 6,12). Na cruz, mesmo sofrendo as consequências do pecado de todos nós, Jesus pediu perdão por nós: “Pai, perdoa-lhes, não sabem o que fazem” (Lc 23,34). Vamos olhar para a Cruz e contemplar o tanto que o Pai Eterno nos ama. Jesus crucificado é a prova máxima do amor que perdoa e que salva. Quem experimenta o amor de Deus e recebe a graça de ser perdoado, torna-se uma pessoa capaz de amar e de perdoar aos seus irmãos e irmãs: Deus é bom pra mim! Eu serei bom para os outros! (cf Mt 18,23-35). Jesus nos exorta: “Sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso; perdoai, e vos será perdoado” (Lc 6,36-37).

É urgente e necessário exercitar o coração e a mente para o amor e o bem. Cultivar a bondade, a generosidade e a humildade para vencer o orgulho, a vaidade e o desejo de ser grande. Dominar a vontade de possuir e de controlar tudo e todos. Assim é que podemos, vigilantes, evitar curtir os ressentimentos e as mágoas que ficam remoendo dentro de nós (cf. Tg 4,1-3.6-9; Rm 12,9-21).

O Papa Francisco ensina que “a credibilidade da Igreja – do cristão – passa pela estrada do amor misericordioso e compassivo. Sem o testemunho do perdão, resta apenas uma vida infecunda e estéril, como se vivesse num deserto desolador. O perdão é uma força que ressuscita para a nova vida e infunde a coragem para olhar o futuro com esperança” (Misericordiae Vultus, 10).

Vamos celebrar a misericórdia do Pai Eterno! Voltemos para Ele de todo o nosso coração e deixemos que Ele nos abrace com a graça do perdão. Recebamos do Pai misericordioso o beijo da paz e a veste da dignidade de filhos e filhas de Deus. Alegres e agradecidos celebremos a festa da comunhão no amor que nos une a todos. Enquanto temos tempo vamos pedir e dar o perdão. Reconciliar para viver e morrer em paz como quem não deve nada à bondade da vida, a não ser o amor aos irmãos e irmãs.

Pe. Fábio Bento da Costa, C.Ss.R.

Missionário Redentorista

Missas

De segunda a sexta

Missas: 7h e 19h30

Sábado

Missas: 7h, 10h e 17h30

Domingo

Missas: 5h45, 8h, 10h, 12h, 15h e 17h30

Rede Vida

Segunda, terça, quinta e sexta: 7h Quarta: 9h

Sábado: 7h e 17h30

Domingo: 17h30

TV Anhanguera

Domingo: 5h30

PUC TV

Sábado e domingo: 17h30

TBC

Domingo: 8h

Rede Pai Eterno

Missas Segunda, quarta, quinta e sexta: 7h
Sábado: 7h e 17h30
Domingo: 5h45, 8h e 17h30

Novena dos Filhos do Pai Eterno Todos os dias: 4h, 12h e 22h Novena do Perpétuo Socorro Todos os dias: 2h

Rádio Difusora Goiânia

Missas Domingo: 8h Novena dos Filhos do Pai Eterno Todos os dias: 13h