Um minuto pela paz

0

No dia 8 de junho, foi realizado em vários países o “Um minuto pela paz”, que recorda o terceiro aniversário do encontro entre o Papa Francisco, o patriarca Bartolomeu e os presidentes da Palestina, Abu Mazen, e de Israel, Shimon.  O momento histórico aconteceu em 2014 no Vaticano e marcou um encontro de oração pela paz entre cristãos, judeu e muçulmanos. O próprio Santo Padre convida todo o mundo a se unir neste pequeno momento de oração, pois existe uma grande necessidade de rezamos pela paz.

Ao homem – e nesse sentido refiro-me à raça humana, sendo homem ou mulher – o Pai Eterno concedeu o dom da inteligência, que pode ser utilizada tanto para o bem, quanto para o mal. A cada dia que passa nos surpreendemos com tantas coisas que vêm acontecendo e que podem desencadear para algo muito maior e mais sofrido, como uma guerra mundial.

Longe do Brasil, vemos pela mídia uma grande violência, que ataca povos e nações por meio de atentados, ataques terroristas. Já aqui, em nossa própria casa, nosso próprio país. É muito forte o sentimento de insegurança das pessoas quando saem às ruas. Muitos são aqueles que se aproveitam da vulnerabilidade alheia e acabam roubando, ferindo e até mesmo matando. Sem contar ainda a violência que conseguimos perceber ao avaliar o quadro político do nosso país. Muitos políticos encaram o poder, que foi dado a eles pela própria sociedade, como um passaporte para a fonte do benefício próprio.

As pessoas perderam a noção do amor. Não se preocupam mais com o outro, nem mesmo consigo mesmas. Vivem a cultura da violência física e também da violência moral.

Nós, que somos cristãos, devemos lutar pelo amor. Só ele pode transformar os corações e dar sentido à existência humana. É preciso que compreendamos o verdadeiro sentido do outro em nossas vidas para que nos tornemos mais sensíveis e humanizados. Só seremos capazes de chegar a Deus servindo ao nosso irmão.

Precisamos nos colocar no lugar do outro para que sejamos capazes de entender as suas necessidades. Somente assim, será possível encontra o caminho que leva ao amor verdadeiro que vem do Divino Pai Eterno.

A Romaria de Trindade é uma forma de encontramos o caminho que leva ao amor verdadeiro que vem do Divino Pai Eterno. Durante os dez dias de festividades, milhares de romeiros vêm a Trindade como forma de manifestar sua fé. São diversas as formas de orações, pedidos, louvores e agradecimentos. Uma oportunidade fundamental para reunir, com muita emoção, irmãos de vários lugares que, com o mesmo intuito, visitam a Casa do Pai para proclamar e reavivar a sua fé.

Aproveitemos esta oportunidade para encontrar dentro de nós mesmos a paz que buscamos no mundo. Esta pode ser uma verdadeira experiência de encontro e total entrega ao Pai, tendo como exemplo a Virgem Maria, que este ano é homenageada e nos ensina a dizer ‘sim’ para a vontade de Deus em nossa vida. Ela, que é a serva humilde e fiel ao Pai Eterno nos dá a certeza de que Ele nos ama e nos recebe de braços abertos.

Vamos fazer com que esse amor se prolifere. Amemos a Deus e também aos nossos semelhantes. Que em todos os ambientes onde estivermos nós possamos nos tornar fonte de paz e canal da graça que o Pai Eterno quer derramar na vida de nossos irmãos. E que juntos possamos fazer uma corrente de oração para fortalecer a nossa fé e pedir pelos irmãos que tanto sofrem por conta de toda a maldade existente no mundo.

Não percamos a fé em Deus e não percamos a fé também na humanidade. Aceitemos o chamado que nos faz o Santo Papa para rezar pela paz, não somente por um minuto, mas sempre. Lutemos pela paz, confiando na bondade e misericórdia do Pai Eterno e aceitando a única condição que Ele nos impõe, que é espalhar pelo mundo o amor misericordioso e incondicional que Ele mesmo oferece a cada um de nós.

Deus nos abençoe!

Pe. Robson de Oliveira

Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás e

Presidente-fundador da Afipe

Missas

De segunda a sexta

Missas: 7h e 19h30

Sábado

Missas: 7h, 10h e 17h30

Domingo

Missas: 5h45, 8h, 10h, 12h, 15h e 17h30

Rede Vida

Segunda, terça, quinta e sexta: 7h Quarta: 9h

Sábado: 7h e 17h30

Domingo: 17h30

TV Anhanguera

Domingo: 5h30

PUC TV

Sábado e domingo: 17h30

TBC

Domingo: 8h

Rede Pai Eterno

Missas Segunda, quarta, quinta e sexta: 7h
Sábado: 7h e 17h30
Domingo: 5h45, 8h e 17h30

Novena dos Filhos do Pai Eterno Todos os dias: 4h, 12h e 22h Novena do Perpétuo Socorro Todos os dias: 2h

Rádio Difusora Goiânia

Missas Domingo: 8h Novena dos Filhos do Pai Eterno Todos os dias: 13h